sábado, 5 de janeiro de 2013

Bonitinho, mas ordinário!

Hoje estou aqui para contar minhas experiências frustradas com os 3 modelos de tablets que já passaram por mim... agora estou na tentativa de adquirir o quarto e resolvi compartilhar a experiência que tive, especialmente com o Dr. Hank TP-973, sobre o qual não encontrei NADA na internet antes de adquiri-lo.

Todo mundo sabe que a vantagem de se viver em Foz do Iguaçu é poder comprar eletrônicos no Paraguai por um preço bem melhor. Tendo em vista o calor que tem feito aqui, diria que tem sido a única vantagem, por sinal...

Como meus pais me deram um Notebook de presente de formatura (Julho de 2012), meu netbook ficou meio obsoleto. Só o mantinha como ferramenta de trabalho, mas como a empresa resolveu finalmente fornecer notebooks pra gente, tratei de vender o net e comprar um tablet! Atravessei a ponte e escolhi um Genesis GT-1230. Chegando em casa, achei ele meio grandão (e, como é pesado e a tela é formato Wide, fica ruim para segurar), mas o que me incomodou de fato foi não ter conseguido fazer o 3G dele funcionar. Na caixa diz que tem 3G, mas não funciona. Entrei em vários fóruns e todo mundo precisou fazer gambiarra para funcionar... não gostei, aí voltei à loja, falei do problema que ele tinha e trocaram por outro com 3G embutido, sem nenhum problema na troca. Aí peguei o Genesis GT-7250S. Gostei muito do equipamento, o hardware dele não era grandes coisas (512MB de RAM somente), mas como o Android é o 2.3.5, para a minha demanda era o suficiente e tinha um lance de menu 3D muito legal... mas depois de uma semana com ele, não me adaptei à tela de 7, percebi que na verdade eu PRECISO de uma tela maior (lembrando que tenho um problema de visão trash), mais quadradinha do que a do GT-1230 (minha mãe tem um iPad e adorei o formato daquela tela).

Fui ao RS no natal e vendi o 7250S para uma tia, com 9 dias de uso (zerado). Voltando a Foz, comecei a pesquisar opções de tablet no Paraguai com a mesma resolução e tamanho de tela do iPad. Encontrei o Dr. Hank TP-973. Pesquisei na internet para saber da opinião de usuários e não encontrei nada... achei estranho, mas como era um lançamento e a Dr. Hank não tem tradição com tablets, achei que poderia ser normal... e ele custou a bagatela de US$170! Fui à mesma loja na qual adquiri os Genesis anteriores (a Cell Mottion, que por sinal eu SUPER RECOMENDO, são 3 lojas na Jebai Center). Quando abriram a caixa e tiraram aquela coisa linda de dentro, quase não acreditei... até as meninas do pacote ficaram babando! O tablet é simplesmente LINDO!! Fui ao setor de teste... liguei, desliguei, fucei... tudo certo! Voltei pra casa feliz da vida pensando que tivesse feito A COMPRA DO SÉCULO!

Chegando em casa, fui brincar um pouquinho... fui adicionando programas, colocando senhas... aí resolvi testar uns cabos, larguei o tablet sobre a mesa, fui ao quarto e, quando voltei, estava desligado. E a bateria ainda estava pela metade... achei estranho, mas pus carregar. NADA! Nem a luzinha de carregamento acendeu. Tenso. Na mesma hora pus ele na caixa e voltei lá... fui direto no pacote... detectaram que o produto tinha defeito de fato e trocaram por outro igual. E eu fiz questão que fosse assim, afinal, tinha adorado... pensei que o problema daquele primeiro era só um azar extremo meu. Bom, passei o final de semana fazendo testes no bebê, aí no domingo ele começou a apresentar outro problema de tela. Ela falhava, tipo quando a gente faz um vídeo de uma tela de um pc, sabe? Reiniciei e continuou o problema. Aí formatei e, quando voltou, estava normal, mas eu já havia perdido totalmente a confiança na marca... importante ressaltar que, conforme ia adicionando programas e aplicativos, o tablet ia "abrindo as pernas". O Hardware simplesmente não dava conta do Android 4, mas o que definitivamente me fez desistir dele foi a duração da bateria (TRÊS ridículas HORAS)! Realmente o visual dele é atraente: finíssimo, leve, bonito, o touch é bom... só que ele é o legítimo BONITINHO e ORDINÁRIO! Só presta como peça de decoração.
Não recomendo este equipamento, e resolvi escrever isso justamente por não haver nenhuma resenha ou opinião de consumidor a respeito dele na internet. É UMA BOMBA!!! Se virem esta caixa, não comprem!

A minha sorte foi que eu comprei em uma loja super séria e o pessoal lá é muito tranquilo e gente boa. Depois de uma semana da compra, voltei para solicitar a troca por um Galaxy Tab2 (ciente de que poderia ter perdido 170 dólares). Como a loja não tinha o modelo que eu queria, pensei na hora em propor para ficar com crédito lá em meu nome... aí, quando o produto estivesse disponível, eu voltaria para comprar e pagaria a diferença. Mas nem deu tempo de eu propor isso e eles já foram me devolvendo o dinheiro... ou seja, quem diz que comprar no Paraguai é furada, não conhece a Cell Motion! Sério mesmo, em 4 anos e meio morando aqui, nunca vi nada igual. 

Enfim, depois desses 4 tablets, resolvi me coçar e comprar algo decente: um Galaxy ou talvez até um iPad. Minha única ressalva quanto à Apple é por causa da filosofia do sistema operacional (eu sou MUITO FÃ do Android, ele dá muita liberdade ao usuário... cansei de baixar aplicativos gratuitos, testar, não gostar e simplesmente remover depois... se eu tivesse que pagar, isso seria bem difícil) e me irrito com as frescuras proprietárias do hardware. Cabos, cartões de memória... tudo tem de ser da Apple. O que farei com meu microsd de 32Gb?? Enfim... a dúvida é grande, não consegui me decidir ainda, mas estou dando prioridade por um Galaxy Tab2 (P-5110), que tem Android 4.0 e custa 335 dólares (contra US$420 do iPad2).

Ah, lembrando que o Genesis GT-1230 é um bom aparelho, apenas não gostei das dimensões. O GT-7250S, é ótimo, mas para quem tem problema de visão a tela de 7" pode ser pequena...

Nenhum comentário: